sábado, 21 de maio de 2011

Obina sofre para vencer na China


O eterno xodó da torcida rubro-negra está se sentindo isolado na cosmopolita Jinan. Cidade de 2 milhões de habitantes ao sul de Pequin. Já são dois meses China. Obina veste a 10 e chegou para ser ídolo, do atual campeão chinês, o Shandong Luneng.

O atacante vive com a mulher, Luciene, e a filha de quatro anos, Sayonara. Sua família vive isolada, porque não fala inglês e só conhece apenas 2 brasileiros, o companheiro de clube Renato Silva (ex-São Paulo) e a esposa do mesmo. 

O baiano foi muito mal no inicio, e a imprensa local chegou a especular, que o jogador na verdade era um irmão de Obina. O atacante teve o seu peso questionado, não se adaptou a comida local, passa por muitas dificuldades para entender o tradutor, e por conseqüência não sabe o que diz o treinador.

Mas aos poucos a situação vai melhorando com gols, anotou 2 numa mesma partida do Campeonato Chinês e ainda fez 1 de letra pela Copa dos Campeões da Ásia. Obina é o artilheiro do clube neste ano, com 5 gols.
A torcida adora o folclórico centroavante. É o único a ter duas faixas e o nome gritado pela pequena organizada do clube.

O Shandong está em 8o no campeonato Chinês.

Imagem:Getty.com

0 comentários:

Postar um comentário