segunda-feira, 30 de maio de 2011

Dissabor rubro-negro


Flamengo x Bahia é um dos maiores clássicos do futebol brasileiro. Faz mais de 7 anos que essa história parou de ser contada. O último encontro ocorreu em 7 de agosto de 2003, pelo Brasileirão, o Mengão goleou por 6 a 0, no Maraca. Para o retorno, o acanhado estádio de Pituaçu, que em termos de tradição fica distante da velha Fonte Nova e do Maracanã. O jogo foi cheio de alternativas, oscilações e reviravoltas. E o empate por 3 a 3 deixou um sabor amargo para os rubro-negros.

Renê Simões montou o Tricolor no 3-5-2, e tinha 1 objetivo muito claro. Entregar à bola ao Fla e jogar nas falhas do mesmo. No ritmo do lá e cá, logo a partida estava empata por 1 a 1. O Mengo era senhor da posse de bola, mas errava bastante. O Tricolor de Aço se aproveitou de erro pontual, aos 37min, e encaixou um contra-ataque, que o Jóbson completou para o fundo das redes. O gol fez o Tricolor da Boa Terra descer para o vestiário vencendo por 2 a 1.


O Mengão mostrou no 2
o tempo, que é importantíssimo acertar o fundamento. Com uma sequência muito boa de acertos de passe. A equipe rubro-negra conseguiu envolver o adversário, e chegou a virar o placar para 3 a 2, aos 27min, com Egídio. Aos 31min, o Bahia teve um jogador expulso, e tudo parecia muito bem encaminhado, para uma vitória tranquila do Fla. Mas só parecia.

O mundo começou a cair quando o Willians saiu machucado. Fernando entrou e errou tudo que tentou. Com isso, o mais querido do Brasil perdeu o meio campo. E o Baêa começou a martelar, e aos 45min, Jóbson empatou o jogo e fechou os trabalhos.


- Tocando as cornetas para encerrar. Eu não achei essa estática, mas adoraria saber quantas bolas Renato Abreu recuperou no jogo. Falo isso, porque Abreu é um jogador lento e pouco combativo, para atuar de volante.


No gol de empate do Bahia, Fernando erra o passe e inicia o contra-ataque da equipe baiana. - Já está mais do que provado, o irmão do Carlos Alberto não pode vestir a camisa do Flamengo.


- Se a punição ao Willians fosse mantida, o Fla seria obrigado a jogar com Renato e Fernando, é melhor nem imaginar. E já tem gente na Gávea falando em vender o Willians. É brincadeira!
 
Imagem:Terra.com

0 comentários:

Postar um comentário