domingo, 24 de abril de 2011

Vasco na final da Taça Rio


Na noite deste sábado, Vasco e Olaria se enfrentaram, no Engenhão(RJ). A equipe Cruzmaltina, venceu por 1 a 0, gol de Éder Luís.

Durante a semana, o Vasco, assumiu a responsabilidade e o favoritismo. E quando à bola rolou não foi diferente, avançou a marcação, e não deixou o Azulão da Bariri respirar. Felipe regia as principais jogadas, mas o restante da trupe não colaborava.

Segundo, o técnico Ricardo Gomes, os jogadores estavam distantes em campo.

O Olaria saia do sufoco, quando aproveitava, o espaço nas costas do Allan. O volante atuou improvisado na lateral-direita, e foi vaiado sistematicamente pela torcida.

Aos 35 minutos da primeira etapa, Felipe acertou a travessão, de Fernando Prass. O Azulão começava a se impor, mas o castigo não tardou. Aos 38 min, após pixotada da zaga, Fellipe Bastos lançou, e Éder Luís marcou.

O Vasco retornou para o segundo tempo, pressionando, Alecsandro desperdiçou duas oportunidades, e pediu misericórdia aos céus.

A equipe de São Januário caiu, na metade, da segunda etapa. Com isso, o Azulão da Bariri cresceu, Felipe arriscou dois de chutes, contudo não prevaleceu.

Ricardo Gomes respondeu, colocando Bernardo, no lugar de Éder Luís. O “Reizinho” da Colina sofreu pênalti, mas chutou no travessão, aos 31m.

O jogo seguiu em banho-maria, reclamações, faltinhas, intermediária a intermediária, e terminou assim.

O Vasco ficou devendo, porque não transformou posse de bola, em oportunidades de gols. Eder Luis marcou o gol e estacionou. Diego Souza está jogando com o nome, e o Bernardo não pode ser banco desse time.

Para a torcida, que canta o time, em verso e prosa. Como máquina de gols, e melhor futebol do Rio. Fica a declaração, do meia Felipe, após a partida.

“A gente ficou devendo, principalmente, no segundo tempo. Se o Vasco quiser conquistar, a Taça Rio, temos que melhorar".

0 comentários:

Postar um comentário