domingo, 27 de março de 2011

Murrinha clássica


No último domingo, Fluminense e Vasco empataram por 0 a 0, no estádio Engenhão(Rio de Janeiro), em partida válida pela Taça Rio.

No primeiro tempo, o Fluminense dominou até a parada técnica, saldo, um pontapé de Conca defendido por Fernando Prass. A partir daí, o Vasco assumiu e chutou, nas três primeiras, Berna espalmou, na quarta rezou, pois no tiro de Éder Luís, o travessão balançou.

Na segunda etapa, o Flu tirou Souza e colocou Deco, equilibrou o duelo e fez eco. Éder Luís se enroscou com Digão e caiu na área, pênalti a brasileira, toca a bolinha, pois o tempo não para.

Eder foi o personagem da partida, recebeu um lançamento esplendoroso, ficou cara a cara com o goleiro, ajeitou o corpo, mas desta vez acertou o pau da bandeira.

Deco tentou iludir Fernando Prass, mas o truque foi ineficaz. Mariano tentou o mesmo, porém goleiro Cruzmaltino não dá defeito.

A partir daqui foi só dissabor, calor, desgaste e a expectativa de um grande clássico, acabou.

Glossário:

Pênalti a brasileira: Pênalti marcado após qualquer contato dentro da área. São marcados em sua maioria por árbitros brasileiros.

Esplendoroso: Maravilhoso

Dissabor: Sentimento de tristeza

Murrinha: Chato

0 comentários:

Postar um comentário