quinta-feira, 31 de março de 2011

Natal sem alegria


Na última quarta-feira, ABC e Vasco empataram por 0 a 0, no estádio Frasqueirão, em Natal.

A primeira etapa foi quente, fria, morna e não inspira. Em algumas parcelas o sabor era chato.

Os jogadores se procuravam, mas quando saia uma tabela, o arremate era de longa distância, que insistia em sair de lado. Isso sem distinção, mas ocorreram duas exceções na área.

Leandrão foi lançado, deixou pingar, pegou no nariz da bola e a mesma foi pro alto.

Alecsandro recebeu, escapou, se afobou, quando bateu na pelota, ela poderia ir para qualquer lugar, menos para o gol.

É Copa do Brasil, apenas um quarto do que estar por vir.

O jogo não se divide, somasse. O complemento inicia pegado, ABC no ataque, Pio chuta, o círculo oscila, Fernando Prás se projeta e levemente desvia.

O Vasco responde, Felipe Bastos não atende, balança, ilude o adversário, bate com classe, mas falta cheiro.

Triangulação CruzMaltina, novamente à bola experimenta o sabor da área, contudo desacostumada passa beliscando a trave.

O precioso ainda vem.

Cascata dá passe que clareia, Ray aparece sozinho, corre, encara, demora, dispara, mas o goleiro Vascaíno é um imã legítimo.

Fim dos trabalhos!

O Vasco queria marcar dois gols e eliminar a partida de volta, entretanto terá que reaprender o abecedário e a tabuada.


FICHA TÉCNICA

ABC-RN 0 x 0 Vasco

ABC-RN
Wellington; Pio, Tiago Garça, Irineu e Renatinho Potiguar (Renatinho Carioca); Basílio, Bileu, Reinaldo e Cascata (Gabriel); Éderson (Ray) e Leandrão. Técnico: Leandro Campos.

Vasco
Fernando Prass; Allan, Dedé, Anderson Martins e Márcio Careca; Rômulo, Eduardo Costa (Fellipe Bastos), Bernardo (Enrico) e Diego Souza; Alecsandro (Élton) e Éder Luís. Técnico: Ricardo Gomes.

Cartões Amarelos   
ABC-RN: Ray
Vasco: Romulo e Marcio Careca

Árbitro
João Bosto da Nóbrega (PB)

Local
Estádio Frasqueirão, em Natal (RN)

Imagem: Terra.com.br

0 comentários:

Postar um comentário