segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Botafogo inapelável

Para eliminar qualquer vestígio de crise e desconfiança. Foi com esse espírito que o Botafogo entrou e saiu de campo na noite deste domingo. Sair vitorioso em qualquer circunstância é importante, todavia no clássico sempre tem um paladar diferente. Por isso e por aquilo, o Fogão foi além. Não se limitou a simplicidade da vitória e colocou o rival de quatro dando um passo de cada vez.

O Bota começou com tudo e criou duas oportunidades nos primeiros minutos. Devido a isso, não demorou para abrir o placar com Antônio Carlos, aos 10. Logo, o Vasco equilibrou a partida e começou a levar perigo ao goleiro Jefferson. Em vista disso, o Glorioso ficou esperto, e acabou aproveitando duas jogadas rápidas para marcar com Loco Abreu, aos 28 e 41. O “engraçado” é que o Vasco estava bem na partida antes de sofrer o 2º e 3º gol. O time vinha bem com a bola no pé, mas quando precisava marcar era uma tragédia. Não conseguia encaixar a marcação. Por isso, sempre sobrava um jogador do Alvinegro livre no gramado. Já o Fogão foi letal frente à baliza, além disso, foi aplicado tático e tecnicamente nos 3 setores do campo.

O Gigante da Colina voltou para o 2º tempo com esperança de reverter o placar. Mas, aos 21, Diego Souza foi expulso e afundou toda e qualquer pretensão do time. O Botafogo manteve o jogo controlado até que, aos 46, Herrera fechou o placar. Uma grande vitória de um time que está se montando aos poucos. O futuro é muito promissor. Olho no Fogão!

Imagem: André Ricardo / Uol

0 comentários:

Postar um comentário