quinta-feira, 14 de abril de 2011

Vasco incontestável no Recife


Na última quarta-feira, o Vasco venceu o Náutico por 3 a 0, no estádio dos Aflitos (PE). Em jogo válido, pelas oitavas de final, da Copa do Brasil. Como a partida de volta, será disputada em São Januário, a vantagem de três gols, deixa a equipe CruzMaltina com a mão na vaga. Apenas um desastre pode tirar, o Gigante da Colina, das quartas de final.

Blitz do Alvirrubro

O Náutico começou com tudo, empurrado pela torcida, tentou encurralar o Vasco, no campo de Defesa. Aos 31 segundos, um cruzamento da direita, encontrou Bruno Meneghel, que meteu a cabeça, e Fernando Prass espalmou por receio.


O Gigante da Colina equilibrou e tomou conta da partida. Aos 11 minutos, após cobrança de falta, Dedé cabeceou, mas a trave não foi o melhor destino. O time do Vasco percebeu que estava fácil. Felipe dominou, olhou e passou, Diego Souza recebeu sozinho na área, aos 16min, tentou encobrir o goleiro, mas ficou reprovado nesse quesito.

Demorou, mas o time do Náutico acordou. Aos 22min, Ricardo Xavier recebeu cruzamento de Airton, disparou um voleio, atrapalhado, que não causou perigo.

Assumindo o controle do volume


A marcação por pressão e ótima posse de bola. Proporcionou ao Vasco uma série de oportunidades de gol. Aos 27min, Diego Souza tabelou com Alecsandro, ficou na cara do goleiro, mas foi infeliz. Aos 29min, foi à vez de Alecsandro receber passe primoroso e desperdiçar.

O Gigante da Colina já colecionava várias chances perdidas. Até que aos 31min, Diego Souza bateu escanteio pela esquerda, Dedé ganhou da zaga e colocou na forquilha de cabeça. O gol maduro caiu do pé. Aos 38min, Felippe Bastos assustou o goleiro Douglas, após chutar de muito longe, a bola ciscou e a trave beijou.

Vasco atuou no 4-3-2-1. Eder Luis e Diego Souza abertos no meio-campo. Ambos entrando em diagonal, saindo da ponta pra dentro, para fazer companhia a Alecsandro. Marcando por pressão e preenchendo o espaço.


Aos 40min, um lance mágico, Ramon recebe na esquerda, deu uma meia-lua no lateral João, encobriu o goleiro João, mas o zagueiro João salvou em cima da linha. Uma pena!


A equipe Cruzmaltina terminou o primeiro tempo vencendo e dominando por completo.


O Náutico inicia o segundo tempo, trocando Kiesa por Elton, e se ligando no grito da galera. Aos 4min, Bruno Meneghel recebe na esquerda, aposta corrida com Dedé, invade a área, mas o zagueiro vascaíno trava na hora certa.

A tranquilidade veio com o gol irregular

Eder Luis fez ótima jogada pela direita, cruzou rasteiro, o zagueiro não cortou, aos 6min, Alecsandro completa em impedimento, mas o juiz dá seguimento. O Gigante da Colina seguia aproveitando, a fragilidade do setor esquerdo, da defesa do Náutico. Aos 14min, Allan perde uma oportunidade com o gol aberto.

A torcida do Timbu corneta e o time fica serelepe. Airton entrou na área, iludiu Allan com uma finta espetacular, bateu pro gol, Fernando Prass defendeu, e a bola dengosa resvalou na trave e saiu,
aos 25min.

O jogo esfriou após a metade do segundo tempo. Mas aos 38min, Bernardo foi lançado na marca penal, dominou, rebolou, dançou, gingou, enrolou, mas o chute foi horrível.


Mas o ex-cruzeirense mostrou que tem estrela. No último lance da partida, bateu falta no canto superior direito, do goleiro Douglas, que pulou atrasado e nada pode fazer.

Embalado aos gritos de olé, o Vasco ficou numa situação muito confortável, para avançar as quartas de final da Copa do Brasil.

Imagem:Terra.com.br



Ficha Técnica:

Náutico 0 x 3 Vasco

Gols

Vasco:
Dedé, aos 31min do primeiro tempo; Alecsandro, aos 6min, e Bernardo, aos 47min do segundo tempo


Náutico: Douglas; Derley, Walter, Wescley e Airton; Everton, Elicarlos (William) e Eduardo Ramos; Kieza (Élton), Bruno Meneghel (Rogério) e Ricardo Xavier. Técnico: Roberto Fernandes

Vasco: Fernando Prass; Allan, Dedé, Anderson Martins e Ramon; Felippe Bastos, Rômulo, Felipe (Jumar) e Diego Souza; Eder Luis (Bernardo) e Alecsandro (Leandro). Técnico: Ricardo Gomes

Cartões amarelos
Náutico: Elicarlos e Walter
Vasco: Rômulo e Alecsandro


Cartão vermelho
Náutico: Elton


Árbitro
Célio Amorim (SC)


Local
Estádio dos Aflitos, Recife (PE)

0 comentários:

Postar um comentário