segunda-feira, 14 de março de 2011

Muricy entrega o boné, e o Fluminense procura novo técnico

No último domingo, o Flamengo empatou com o Fluminense por 0 a 0, em jogo válido pela terceira rodada da Taça Rio.

Mas o fato relevante aconteceu após a partida. Muricy revelou via assessoria pessoal, que estava deixando o Fluminense, porque não ocorreram mudanças significativas na infraestrutura do clube.

Nessa história não há vilão nem mocinho. A diretoria tricolor já estava insatisfeita com os resultados. E o técnico estava cansado de carregar toda a responsabilidade sob os ombros.

Talvez tenha sido uma ótima para o tricolor, já que o mercado está cheio de excelentes profissionais sem emprego.

De repente foi melhor para o Muricy, já que está cotado para assumir o Santos, agremiação que possui a melhor infraestrutura do futebol brasileiro.

Só para deixar claro, nos dois últimos parágrafos carreguei na ironia.

Retomando, constantemente o Fluminense têm jogadores importantes no departamento médico, não priorizou a Libertadores, afastou a torcida ao cobrar 60 reais pelo ingresso, não reforçou o miolo de zaga e o time se recente da falta de um grande goleiro.

Quem vai pagar essa conta é o torcedor, que foi iludido com a promessa de um clube forte na Libertadores, e o time pode ser eliminado na primeira fase. É brincadeira!


Imagem: Globo.com

0 comentários:

Postar um comentário