segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Vasco quebra tabu de 6 anos


Neste domingo, Vasco e São Paulo se encontraram na capital paulista, pela 13º rodada do Brasileirão. Como já é de praxe, o Morumbi vazio, ficou aquém da tradição do clássico Rio-SP. Ambos os times lutavam para se aproximar da ponta da tabela.

Logo, o Tricolor partiu pra cima e conseguiu 3 oportunidades em sequência Com Lucas aos 2, Carlinhos Paraíba aos 11 e Pires aos 14. Mas, o goleiro Fernando Prass manteve o 0 a 0 no placar. O Vascão criou a 1º oportunidade aos 25, quando Diego Souza limpou a jogada e rolou para Eder Luis, o atacante dominou e finalizou por cima. O 1º tempo deixou duas marcas. O excesso de faltas duras e um pênalti não marcado. Anderson Martins derrubou Dagoberto dentro da área e o árbitro deixou seguir. Com o início da 2º etapa, o São Paulo procurou encurralar o Vasco. Todavia, logo aos 7 minutos levou a 1º punhalada, em jogada rápida de contra ataque, Diego Souza passou para Eder Luis, e desta vez o camisa 7 não desperdiçou. A partir daí, a equipe Cruz-Maltina controlou a partida, e passou a se beneficiar do nervosismo da equipe São-Paulina. O Tricolor fez algumas alterações na maneira de jogar, no entendo, seguia pecando no passe.

O Gigante da Colina seguia muito bem defensivamente. Além disso, Dedé fez uma partida exuberante, condizente com a história de grandes zagueiros, que passaram por São Januário. Para se ter uma ideia o Vasco chutou 5 vezes ao gol, mas só acertou o alvo 2 vezes. Felipe desferiu o 2º chute no alvo e marcou o gol que selou a vitória. Devido a isso, o Vascão quebrou um tabu que perdurava desde 2005. Nos últimos confrontos foram 6 vitórias do São Paulo e 3 empates, ou seja, 6 anos sem vencer o rival paulista.

Imagem: Uol

0 comentários:

Postar um comentário