quinta-feira, 3 de março de 2011

Botafogo vence, mas a crise se aproxima


Na última quarta-feira, o Botafogo venceu o River Plate-PI, por 4 a 1 nos pênaltis, e se classificou para a segunda fase da Copa do Brasil.

No Piauí o River ganhou por 1 a 0, no Rio o placar se repetiu em favor do Alvinegro, levando a decisão da eliminatória para os pênaltis.

Após a partida, a pressão sobre o técnico Joel Santana ficou intensa.

É claro que sofrer para eliminar o River do Piauí não é normal, mas vamos ponderar alguns fatos.

O Botafogo tem um elenco limitadíssimo, perdeu jogadores como Leandro Guerreiro, Jobson e Maicosuel, o último machucado desde a reta final do brasileirão 2010. Os jogadores que chegaram estão a quem dos que saíram.

Agora outros fatos

Campeão carioca em cima do maior rival, sexto lugar no último Campeonato Brasileiro, melhor colocação desde o título em 95. Duas conquistas com um time limitado e até então com estigma de perdedor.

Joel desde sua chegada procurou dá solidez defensiva ao Botafogo, hoje ele está procurando fazer a mesma coisa, mas com um elenco enfraquecido. Por essas e outras o Alvinegro é um time oito oitenta.

Cada caso é um caso, mas a reflexão é sempre válida.

Quando faltam ovos num restaurante, e os clientes reclamam porque não tem omelete no cardápio. O que faz o gerente?

Demite o cozinheiro ou compra ovos?

Imagem:Terra.com.br

0 comentários:

Postar um comentário